Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.uema.br/jspui/handle/123456789/721
Título: Análise de crescimento e produção de três genótipos de bananeira sob diferentes doses de biossólido nas condições edafoclimáticas de São Luís – Maranhão
Autor(es): Souza, Cláudio Marcelo de
Palavras-chave: Banana musa sp
Análise de Crescimento
Biossólido
Reciclagem agrícola
ETE Jaracaty
Data do documento: 2007
Editor: UEMA
Resumo: Este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito da aplicação de biossólido proveniente da Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) do Jaracaty, localizada na ilha de São Luís - MA, na adubação da bananeira (Musa sp.) em substituição ao nitrogênio proveniente de fórmula comercial de sulfato de amônio nas condições edafoclimáticas do município de São Luís – MA, sobre o crescimento e produtividade de três genótipos de bananeira que têm sido promovidos pela Embrapa Mandioca e Fruticultura como capazes de proporcionar cultivos mais produtivos e menos suscetíveis a doenças e pragas. Os genótipos escolhidos para as comparações realizadas neste trabalho foram o híbrido Pacovan Ken e os cultivares Caipira e Thap Maeo. Foi instalado um delineamento em blocos casualizados em parcelas subdivididas com os três genótipos, cinco tratamentos e três repetições, em área pertencente ao INPE – Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, contígua ao Núcleo Tecnológico de Engenharia Rural da Universidade Estadual do Maranhão. Foram analisados, em intervalos de 30 dias a partir do trigésimo dia após o plantio das mudas (tipo chifrinho), o diâmetro do pseudocaule, a altura da planta-mãe, o número de folhas ativas, a área foliar da terceira folha e o número de filhos emitidos como parâmetros para acompanhamento do crescimento. Por ocasião da colheita do cacho, também foram analisados o número de dias do plantio até a colheita, o número de frutos por cacho, e o peso médio do cacho. Para todos os parâmetros estudados, o tratamento sem adubação nitrogenada apresentou índices de crescimento e produtividade inferiores em relação aos demais. Os tratamentos com diferentes dosagens de biossólido proporcionaram resultados semelhantes aos obtidos com adubação mineral recomendada, ressaltando-se a maior dosagem (13 ton.ha-1) como aquela que atingiu os melhores índices de produtividade. Considerando os genótipos, observou-se que o cultivar Caipira apresentou desempenho de crescimento e produtividade inferior aos demais, enquanto o Thap Maeo demonstrou um número de frutos por cacho e um peso médio do cacho maior que os demais, revelando-se o mais adaptado para as condições experimentais.
Descrição: 72p.Dissertação (Mestrado em Agroecologia) - Universidade Estadual do Maranhão, São Luís, 2007.Orientador: Prof. Dr. Eduardo Ferreira Rodrigues
URI: http://repositorio.uema.br/handle/123456789/721
Aparece nas coleções:MESTRADO EM AGROECOLOGIA

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
claudio marcelo de souza.pdf1.15 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.