Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.uema.br/jspui/handle/123456789/147
Título: Caracterização da diversidade de morcegos (Mammalia: Chiroptera) catalogada na APA do Inhamum no Cerrado Maranhense
Autor(es): V468m Ventura, Marcelo Cardoso da Silva
Palavras-chave: Morcego
Maranhão
DNA
Morfologia
Ecossistema
Data do documento: 22-Jul-2016
Editor: UEMA
Resumo: A diversidade de morcegos tem instigado muitos pesquisadores a conduzirem seus estudos para a ordem Chiroptera principalmente motivados a estudar sua história natural e identificá-los dada sua ampla ecomorfologia. Este trabalho tem como objetivo realizar o levantamento da quiropterofauna do bioma Cerrado leste maranhense a fim de identificá-la, para tanto foram realizadas quatro campanhas de coleta na área de Proteção Ambiental do Inhamum (APA do Inhamum) durante três noites consecutivas utilizando redes de neblina. Após a coleta os morcegos foram levados ao Laboratório de Genética e Biologia Molecular (GENBIMOL) do CESC/UEMA onde foram processados e identificados ao nível infragenérico por meio de abordagem morfológica. Foi extraído tecido muscular, sanguíneo e encefálico para análise genética e sorológica. Amostras de tecido encefálico foram submetidas aos testes de Imunofluorescência Direta (IFD). Dos tecidos musculares foi realizado a extração do DNA e amplificado as regiões genômica do Citocromo Oxidase Subunidade I(COI) e rRNA 16S a partir da técnica da Reação em Cadeia de Polimerase (PCR), posteriormente sequenciados no analisador genético ABI 3500. Na análise de dados, foram usados vários softwares, como: BioEdit, DNAsp, MEGA e Vegan (Programa R), além das plataformas BOLD Systems e Basic Local Alignment Search Tool (BLAST). Analisando as características morfológicas, verificou-se a ocorrência de quatro famílias, 11 subfamílias, 24 gêneros e 33 espécies. A curva do coletor evidenciou que ainda há uma diversidade de morcegos a ser conhecida para a área em estudo. Entre as espécies de ocorrência na área, 16 apresentaram-se como os primeiros registros para o Maranhão: Lophostoma brasiliense, Lophostoma silvicola, Micronycteris schmidtorum, Gardnerycteris crenulatum, Phylloderma stenops, Tonatia bidens, Trachops cirrhosus, Rhinophylla fischerae, Artibeus fimbriatus, Artibeus obscurus, Dermanura gnoma, Platyrrhinus fusciventris, Platyrrhinus recifinus, Molossops temminckii; Lasiurus blossevillii e Lasiurus ega. Os resultados ainda revelaram uma extensão de distribuição de várias espécies em pelo menos 350 km no sentido norte-leste do estado. Os dados moleculares obtidos a partir dos genes rRNA 16S e COI foram incongruentes para vários status taxonômicos, onde não há diferença específica para Dermanura gnoma e D.cinerea, assim como, Platyrrhinus fusciventris e P. recifinus; Micronycteris minuta e M. schmidtorum. Foi ratificado ainda a identidade das espécies P. fusciventris e P. recifinus como P. helleri; M. minuta e M. schmidtorum como M. cf minuta e Myotis nigricans como M. riparius. Tais incongruências são compartilhadas pelo grande número de publicações que tratam de identificar os grupos de morcegos. O teste Imunofluorescência Direta revelou resultado negativo para todos os espécimes analisados, confirmando a não ocorrência do vírus rábico para as espécies identificadas e, consequentemente, a não circulação do vírus na área de estudo. A presença dos gêneros Artibeus, Dermanura, Trachops, Lophostoma, Desmodus, Glossophaga e Diaemus na APA do Inhamum evidencia uma grande variação trófica na área, revelando a importância desses animais para o equilíbrio do ecossistema local.
Descrição: 57f. Orientador:Profª. Dra. Maria Claudene Barros.Dissertação (Mestrado) – Centro de Estudos Superiores de Caxias, Curso Mestrado em Biodiversidade, Ambiente e Saúde, Universidade Estadual do Maranhão, Caxias, 2016.
URI: http://repositorio.uema.br/handle/123456789/147
Aparece nas coleções:MESTRADO EM BIODIVERSIDADE AMBIENTE E SAÚDE

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MARCELO CARDOSO DA SILVA VENTURA.pdf1.44 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.