Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.uema.br/jspui/handle/123456789/1328
Título: Composição do óleo essencial da laranjeira ‘pera’ [Citrus sinensis (L) Osbeck] em diferentes porta-enxertos: bioatividade a Aceria guerreronis keifer (Acari: Eriophyidae) e seletividade a inimigo natural
Autor(es): Brito, Dalton Rodrigues Barros
Orientador: Teodoro, Adenir Vieira
Membro da Banca: Amaral, Ester Azevedo do
Membro da Banca: Sena Filho, José Guedes de
Data do documento: 2020-09-16
Editor: UEMA
Resumo: Os óleos essenciais (OEs) de citros são bioativos a uma variedade de artrópodes fitófagos. No entanto, a despeito da ampliação de variedades para o aumento da diversidade genética dos pomares, pouco se conhece sobre a influência dos portaenxertos na composição e bioatividade dos OEs nas variedades copa. Assim, o presente trabalho objetivou identificar a composição química dos OEs extraídos das folhas da laranjeira ‘Pera’ [Citrus sinensis (L). (Osbeck], a variedade mais cultivada no polo citrícola da Bahia e de Sergipe, enxertada em dez porta-enxertos, além de avaliar a bioativade ao ácaro-da-necrose Aceria guerreronis Keifer (Acari: Eriophyidae) e ao ácaro predador Typhlodromus ornatus Denmark & Muma (Acari: Phytoseiidae). O OE extraído das folhas dos dez porta-enxertos apresentou o mesmo perfil químico, a saber: sabineno (30,47-34,17%) componente majoritário, seguido do δ-3-careno (7,78-12,4%) e (E)-β-ocimeno (8,04-10,46%). O OE extraído das folhas da combinação laranjeira ‘Pera’ x limoeiro ‘Cravo’ foi selecionado para avaliar a toxicidade letal ao ácaro-danecrose e avaliar a compatibilidade ao ácaro predador. A seleção do óleo foi embaseado nessa combinação de enxerto e porta-enxerto, pois é amplamente cultivada no polo citrícola da Bahia e de Sergipe. Foram determinadas as CL50 (4,28 mg/mL) e CL80 (10,39 mg/mL) para A. guerreronis, porém estas mesmas CLs não causaram mortalidade em T. ornatus. A CL80 do OE não repeliu A. guerreronis e a toxicidade temporal na mesma CL ocorreu somente nas primeiras horas de exposição (<3h). A CL80 do OE, estimada para A. guerreronis, não afetou a taxa de crescimento do predador. Dessa forma, conclui-se que o OE obtido das folhas de laranjeira ‘Pera’ apresenta bioatividade ao ácaro-da-necrose A. guerreronis e compatibilidade com o ácaro predador T. ornatus.
Resumo: Citrus essential oils (EOs) are bioactive to an array of phytophagous arthropods. Despite the increasing number of varieties to genetically diversfy the orchards, little is known about the influence of the rootstock on the composition and bioactivity of EOs in the scion varieties. Thus, this study aimed at identifying the chemical composition of EOs extracted from the ‘Pera’ sweet orange [Citrus sinensis (L). (Osbeck], the most cultivated variety in the citrus growing area of Bahia and Sergipe, grafted on ten rootstocks, assessing its bioactivity to coconut mite Aceria guerreronis Keifer (Acari: Eriophyidae) and compatibility with the predatory mite Typhlodromus ornatus Denmark & Muma (Acari: Phytoseiidae). The EO extracted from the leaves of the ten rootstocks presented the same chemical profile, namely: sabinene (30,47-34,17%) as major component, followed by δ-3-carene (7,78-12,4%) and (E) -ȕ-ocimene (8.04- 10,46%). The EO extracted from leaves of ‘Pera’ sweet orange grafted on ‘Rangpur’ lime was selected to assess the lethal toxicity to coconut mite and to evaluate the compatibility of this EO with the predatory mite. This oil was selected because these combination scion – rootstock is widely cultivated in the study region. The LC50 (4,28 mg/mL) and LC80 (10,39 mg/mL) were estimated for A. guerreronis, however these LCs did not cause mortality to T. ornatus. The LC80 of the EO did not repel A. guerreronis and the temporal toxicity of the same LC occurred only in the first hours of exposure (<3h). The LC80 of the EO, estimated for A. guerreronis, did not affect the predator's growth rate. Thus, the EO obtained from ‘Pera’ sweet orange presented bioactivity to the coconut mite A. guerreronis and compatibility with the predatory mite T. ornatus.
Palavras-chave: Óleo essencial de citros
Biopesticida
Compatibilidade
Efeitos subletais.
Bioatividade - óleo essencial de laranjeira
Citricultura nordestina
Cultura do coqueiro
Ácaro-da-necrose
Ácaro predador
Aceria guerreronis (Acari: Eriophyidae)
Typhlodromus ornatus (Acari: Phytoseiidae)
Toxicidade - óleo essencial
Repelência - óleo essencial
Laranjeira pera - óleo essencial
Porta-enxertos - óleos essenciais
Citrus sinensis (L). (Osbeck)
Citrus essential oil
Biopesticide
Sublethal effects
Bioactivity - orange tree essential oil
Northeastern citriculture - Brazil
Coconut culture
Toxicity - essential oil
Repellency - essential oil
Pear orange tree - essential oil
Aparece nas coleções:Mestrado em Agroecologia CCA - Dissertações

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO - DALTON RODRIGUES BARROS BRITO - PPGA CCA UEMA 2020.pdfPDF A669.43 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.