Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.uema.br/123456789/513
Title: Capim-marandu e babaçu em sistema silvipastoril
Authors: Gazolla, Afrânio Gonçalves
Keywords: Forragem
Solo nu
Sombreamento
Planta daninha
Issue Date: 24-Apr-2012
Publisher: UNESP
Abstract: <p>O trabalho objetivou avaliar efeito do babaçu (Attalea speciosa Mart.) sobre os aspectos de: produção de sombra, presença de plantas daninhas, área de solo nu, massa e composição química do pasto de capim-marandu (Brachiaria brizantha cv. Marandu) nos períodos de maior e menor disponibilidade de água, mantido sobre pastejo intermitente, com período de descanso de 30 dias no período das águas e 60 dias no período seco, utilizando a técnica de “mob-stocking”. O experimento foi conduzido de setembro de 2010 a setembro de 2011, na Fazenda Santo Antonio em Matinha – MA. A área experimental foi dividida em seis piquetes com as respectivas densidades: 10, 20, 30, 40, 50 e 60 palmeiras por hectare. O delineamento experimental foi formado por parcelas sub-divididas, tendo nas parcelas um fatorial 2 x 6 (dois períodos e seis densidades) e nas sub-parcelas o sombreamento (sombra e sol) com quatro repetições cada. No período das águas o aumento da densidade de palmeiras de babaçu (Attalea speciosa Mart.) em linhas gerais: reduziu à proteína bruta, a porcentagem do solo nu, aumentou a matéria seca da forragem e a umidade do solo. No período seco, o aumento da densidade de palmeiras de babaçu reduziu a proteína bruta e a porcentagem do solo nu. Nas áreas sombreadas o aumento da densidade de palmeiras contribuiu para maiores teores de umidade. O porte elevado das palmeiras de babaçu reduziu o efeito do sombreamento como fator de inibição do desenvolvimento do capim-marandu. A massa seca de capim-marandu foi maior no período das águas e no período seco a massa seca de plantas daninhas, onde o babaçu em sua fase inicial e o capim-duro (Paspalum virgatum) tiveram respectivamente maior participação. O aumento das densidades de palmeiras de babaçu reduziu a massa de plantas invasoras e a porcentagem de solo nu. A grande presença de invasoras e a composição química do solo apontam para um adiantado grau de degradação da pastagem.</p>
Description: <p>72 f.</p><p>Tese (Doutorado em Zootecnia) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias,Jaboticabal,2012</p><p>Orientador: Prof. Dr. Ricardo Andrade Reis</p><p> </p>
URI: http://repositorio.uema.br/123456789/513
Appears in Collections:DOUTORADO EM ZOOTECNIA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Gazolla, Afranio Gonçalves.pdf428.06 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.