Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.uema.br/123456789/498
Title: Reação de leguminosas utilizadas em aléia a meloidogyne incognita e efeito de seus resíduos foliares sobre o patógeno.
Authors: Nascimento, Fagner Sousa
Keywords: Nematoide das galhas
Matéria orgânica
Controle alternativo
Issue Date: 2012
Publisher: UEMA
Abstract: <p>Este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito da biomassa de seis leguminosas acácia (Acacia mangium), ingá (Inga edulis), gliricidia (Gliricidia sepium), leucena (Leucaena leucocephala), sabiá (Mimosa caesalpiniaefolia Benth) e o sombreiro (Clitoria fairchildiana R. Howard) utilizada no cultivo em aléias incorporada ao solo, na forma de cobertura ou biofumigação, no controle de Meloidogyne incognita em quiabeiro e a resistência dessas plantas ao nematoide. Biomassas das leguminosas foram aplicadas ao solo, incorporado ou na forma de ‘mulch’ ou biofumigado com dois períodos de incubação. A biomassa de leucena proporcionou maior redução nos índices de galhas e massas de ovos, seguida do sombreiro. Quando aplicado na forma de ‘mulch’ os resíduos de leucena, sombreiro e ingá foram os mais eficientes em reduzir o fator de reprodução (FR) do nematoide. Os resíduos, com exceção do ingá, quando biofumigados, foram superiores à testemunha em reduzir os índices de galhas e massas de ovos. As leguminosas diferiram quanto à resistência ao nematoide. Acacia mangio e gliricidia apresentaram reações de suscetibilidade enquanto que, ingá, leucena, sabiá e sombreiro foram resistentes. No cultivo em aléia deve-se evitar o plantio dessas espécies suscetíveis, pois podem funcionar como fonte multiplicadora do nematoide.</p>
Description: <p>61 f.</p><p>Dissertação  ( Mestrado em Agroecologia) - Universidade  Estadual do Maranhão,São Luís, 2012.</p><p>Orientador: Prof. Dr. Gilson Soares da Silva.</p>
URI: http://repositorio.uema.br/123456789/498
Appears in Collections:MESTRADO EM AGROECOLOGIA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FAGNER SOUSA NASCIMENTO.pdf1.61 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.